Categorias
Consultar PIS

Pagamento PIS-PASEP encerra 30 de junho

Pagamento PIS-PASEP encerra 30 de junho – Dois milhões de trabalhadores não sacaram o PIS/PASEP referente ao ano de 2014. Somando todos os benefícios a serem pagos, R$ 1,7 bilhão ainda precisa ser pago. Segundo o Ministério do Trabalho, o prazo para retirar o dinheiro acaba em 30 de junho.

O abono é equivalente a um salário-mínimo (R$ 880) e pode ser retirado nas agências da Caixa e do Banco do Brasil. Todos os cadastradas no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos, com remuneração mensal média de até dois salários-mínimos durante o ano-base de atribuição do benefício, têm direito ao dinheiro.

Pagamento PIS-PASEP encerra 30 de junho

O Ministério do Trabalho informou ainda que esse direito é para quem exerceu atividade remunerada durante pelo menos 30 dias de 2014. Em todo o Brasil, 23,6 milhões de trabalhadores têm direito a receber o abono. Desse total, 21,5 milhões já fizeram os saques. Os dois milhões que ainda não acessaram o recurso representam 8,7% dos trabalhadores beneficiados.

Em todo o Brasil, 23,6 milhões de trabalhadores têm direito a receber o abono salarial de 2015. Desse total, 21,5 milhões já fizeram os saques. Os dois milhões que ainda não acessaram o recurso representam 8,7% dos trabalhadores beneficiados. O valor não sacado soma R$ 1,7 bilhão.

O estado com o maior número de trabalhadores que não retiraram o abono salarial é São Paulo, onde 684.937 pessoas ainda não resgataram o benefício, seguido de Minas Gerais (197.428) e Rio de Janeiro (180.639).

O Ministério do Trabalho está enviando correspondências no endereço de domicílio dos trabalhadores que podem sacar o benefício. “Pretendemos alcançar com o envio das comunicações aproximadamente 1,2 milhão de beneficiários que estão com o endereço válido na base de dados”, explica o coordenador do Seguro-Desemprego e Abono Salarial, Márcio Ubiratan Brito.

infografico PIS

Como sacar PIS/PASEP?

Correspondências serão enviadas para os endereços dos beneficiários. Em nota, o coordenador do Seguro Desemprego e Abono Salarial, Márcio Ubiratan Brito, explicou que quase todos receberão essas cartas.

“Pretendemos alcançar com o envio das comunicações aproximadamente 1,2 milhão de beneficiários que estão com o endereço válido na base de dados”, relatou no comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *